BIOART NA MÍDIA: REVISTA MULTIMÍDIA - NÓS E OUTROS OLHOS - PRIMER BIONUTRITIVO

PRIMERS BIOART: PELE NORMAL, SECA E OLEOSA

O Blog Nós e outros Olhos é uma página virtual que aborda diversas facetas do comportamento humano e da cultura em que vivemos, reunindo conceitos desde curiosidades artísticas, agenda de eventos, cultura, moda, gastronomia, entretenimento, esoterismo, saúde e conhecimentos gerais.A Revista Virtual "Nós e outros Olhos" esta no Ar desde Maio/2010.

No dia 30 de janeiro a Nós e outro Olhos postou a matéria PRIMER NO TOP DA EVOLUÇÃO DA MAQUIAGEM apresentando o nosso amado Primer Bionutritivo no contexto da história da maquiagem no passar dos anos, vejam que interessante:

A maquiagem é muito antiga e tem origem nos povos primitivos para diferenciar as posições hierárquicas nas aldeias, em ritos de passagem ou até mesmo para firmar condições de guerra.

Um dos maiores destaques no quesito pintura facial é o Antigo Egito, pois os Egípcios pintavam os olhos em devoção ao Deus Rá, o Deus do Sol. Os Faraós já usavam maquiagem para evitar que as pessoas olhassem diretamente para eles.

Confira a matéria na íntegra clicando aqui!

 

Ler artigo completo
CompartilharPublicado em 01 de Fevereiro de 2017
Bioart News
BIOART NA MÍDIA: NICOLE MAKE BELEZA SEM CRUELDADE

No site da Nicole Make - Beleza sem crueldade, a @nicolemake selecionou as suas maquiagens veganas favoritas de 2016 e entre elas estão a Base Líquida Bionutritiva, o Corretivo Bionutritivo e a Sobra Iluminadora da Bioart. 🌱💕🐶 Confira o vídeo:

Ler artigo completo
CompartilharPublicado em 31 de Janeiro de 2017
Bioart News
BIOART NA MÍDIA: BLOG ACORDA BONITA - CREME FACIAL BIORESVERATROL

Confira AQUI e no Canal do YouTube da Karina Viega do @acordabonita tudo sobre um dos seus hidratantes faciais prediletos: CREME FACIAL BIORESVERATROL da Bioart. 🍇🌱💕
.
A Karina é super entendida no assunto de beleza saudável, natural e orgânica e fez uma RESENHA completa sobre todos os benefícios desse produto premiado! 🙏🏽✨
.
"O Bioresveratrol de Bioart é perfeito para todos os tipos de pele, principalmente as maduras, ressecadas e com manchas, mas se você tem a pele oleosa, pode usar sem medo de ser feliz, pois a argila é Biomimética. Bio de vida, Mimética de mimetismo, ou seja, a argila imita a composição natural de nossa pele e fornece a ele aquilo que ela precisa. É um creme facial de elevado poder antioxidande, SUPER hidratante (porém nada pegajoso, a pele fica com o aspecto e textura de hidratada e revitalizada, porém sequinha, exatamente por conta da argila) que estimula a circulação sanguínea e, por consequência, a síntese do colágeno." Karina Veiga

Ler artigo completo
CompartilharPublicado em 27 de Janeiro de 2017
Bioart News
BIOART VAI PARA MUNDO COM A ORGANICS BRASIL

Iniciado em 2005, por uma iniciativa da Apex-Brasil, Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos, e com recursos do Ministério da Indústria e Comércio, o programa Organics Brasil reúne hoje mais de 70 empresas brasileiras, nos 6 biomas nacionais, reunindo mais de 1.000 produtos agrícolas, agroecológicos, agroindustriais, cosméticos, têxteis, além de fornecedores de serviços especializados - todas empresas que orientam-se para a produção sustentável, com variados graus de complexidade e certificação nacional e internacional.

Implementado através de convênio pelo IPD, Instituto de Promoção do Desenvolvimento, o programa desde 2005 tem realizado ações de promoção externa do produtor brasileiro, tendo estimativa de geração de negócios em 2013 da ordem de 130 milhões de dólares.

O programa pretende levar parte da melhor e mais qualificada produção brasileira de produtos de base orgânica e sustentável para consumidores do mundo inteiro. Para tanto, esforços contínuos de aprimoramento da produção brasileira tem sido realizados, com apoio do Governo Federal e de entidades representativas do setor. O esforço promocional é realizado através da marca do programa, Organics Brasil, que identifica os produtores em estandes de feiras setoriais internacionais e em catálogos e anúncios de revistas especializadas.

Cada empresa participante mantém sua identidade e seus princípios de atuação, respeitando, porém, os valores maiores de produção de base orgânica e sustentável. Em negociações internacionais, o Organics Brasil disponibiliza apoio para os produtores, através de capacitações, rodadas de negócio, inteligência comercial e promocional e outras iniciativas.

Confira a presença da Bioart no site da Organics Brasil, link em inglês, clique aqui para acessar!

Fonte: organicsbrasil.org

Ler artigo completo
CompartilharPublicado em 27 de Janeiro de 2017
Bioart News
BIOART NA MÍDIA: BRAZIL BEAUTY NEWS

Cosméticos naturais e orgânicos: Uma alternativa para reduzir a poluição marinha?

Apesar da demanda dos consumidores por políticas de respeito à biodiversidade, o Brasil ainda não se posicionou oficialmente sobre a proibição de microplásticos em produtos de higiene e beleza.

  Estima-se que a indústria cosmética mundial utilize mais de 10 mil substâncias químicas conhecidas como POPs    (Poluentes Orgânicos Persistentes) em suas formulações. Por não se degradarem facilmente, eles se acumulam  na teia alimentar dos rios e mares, provocando uma série de perturbações à vida aquática e também ao ser  humano, segundo o oceanógrafo Frederico Brandini, diretor do Instituto Oceanográfico da Universidade de São  Paulo (USP).

Ele estima que esse número seja ainda maior nos setores médico e farmacêutico.

Microesferas de plásticos

Um estudo realizado pela Universidade de Plymouth, no Reino Unido, apontou que o uso de microesferas de polietileno nas formulações de esfoliantes faciais e corporais, cremes dentais e outros cosméticos coloca a vida marinha em risco. A análise detectou também que o uso desses produtos resulta no descarte anual de 80 toneladas de resíduos de microplásticos nos oceanos, o que fez com que a indústria europeia de cosméticos colocasse como meta remover totalmente, até 2020, esses materiais das formulações.

EUA e Canadá também estudam aplicar leis de restrições a essas substâncias, o que reforça ainda mais a tendência atual entre os fabricantes de cosméticos de um movimento em direção a alternativas biodegradáveis.

De acordo com a Associação Brasileira de Cosmetologia (ABC), o Brasil ainda não se posicionou quanto à proibição dos microplásticos, mas há uma expressiva demanda por parte do consumidor. A mais recente pesquisa Barômetro da Biodiversidade, realizada pela UEBT (Union for Ethical BioTrade), indicou que 92% dos brasileiros entrevistados esperam que os fabricantes adotem políticas de respeito à biodiversidade.

Ingredientes naturais e orgânicos

O cenário atual abre ainda mais espaço para os cosméticos naturais e orgânicos, que não apenas livram o consumidor, mas também o meio ambiente, de toxinas e substâncias químicas.

Fundada em 2010 pela empresária Soraia Zonta, a Bioart nasceu com o propósito de desenvolver maquiagens e produtos naturais de cuidados da pele com ingredientes orgânicos e que não provocam alergias. O ponto de partida foi o uso de argilas especiais.

Um dos argumentos da escolha pelo natural é a preocupação com o planeta, ela explica. “Todas as químicas de xampus e sabonetes sintéticos que vão para o ralo por meio das espumas contaminam águas e rios, e geram a poluição invisível das águas”.

Dentre as alternativas orgânicas presentes nos produtos da Bioart estão os óleos essenciais puros transformados em fragrâncias, as argilas coloridas usadas como pigmentos nas maquiagens e os ativos de oliva, que substituem os silicones convencionais.

Zonta afirma que a biodiversidade brasileira é a principal fonte de inovação da Bioart. Ela cita o uso de cristais da casca da castanha, argilas micronizadas, cristais de quartzo e resveratrol (extraído das uvas), além dos óleos essenciais de goiaba, alecrim do campo, laranja doce e pitanga.

Ela explica que as certificações naturais e orgânicas encarecem a produção dos cosméticos, mas asseguram a qualidade. “As matérias-primas certificadas são muito mais caras que as naturais não-certificadas, além do custo aplicado pelas certificadoras para manter o processo sempre vistoriado.” A necessidade de importar matérias-primas também eleva o custo do produto, o que indica que ainda há espaço para a expansão da indústria nacional de matérias-primas naturais e orgânicas.

Amanda Veloso

Fonte: brazilbeautynews.com

Ler artigo completo
CompartilharPublicado em 27 de Janeiro de 2017
Bioart News

Sobre a bioart

Soraia Zonta, founder e CEO da Bioart Biocosmetics, por ter pele sensível e alérgica, transformou uma necessidade pessoal aliada a sua paixão pela natureza em um negócio repleto de ecologia, amor e arte. A Bioart é pioneira no mundo a criar maquiagens a base de argilas puras e ingredientes biomiméticos que tratam e embelezam a pele.Livres de toxinas, parabenos, fragrâncias sintéticas, corantes sintéticos, glúten e qualquer ingrediente prejudiciais à saúde. Temos fábrica própria onde criamos e desenvolvemos produtos inovadores com tecnologia verde com sustentabilidade e verdade. São produtos naturais, orgânicos e 100% veganos.

MISSÃO BIOART

Proporcionar  beleza natural, e orgânica, saúde e bem estar de forma autentica e sofisticada preservando os princípios de sustentabilidade ecológica e socio- ambientais.

VISÃO BIOART

Ser reconhecida como uma marca de referência nacional e internacional a ofertar produtos de beleza natural, que realmente tratam a pele e levam saúde e bem estar de maneira natural, orgânica e vegana até 2020.

VALORES BIOART

Beleza natural e ecologicamente correta, proporcionando vida saudável, bem estar e sustentabilidade ambiental e social.

Sobre a Bioart
Receba novidades exclusivas por e-mail.